Bahia

Jornalistas da ‘Veja’ foram conduzidos após denúncia de moradores, diz SSP 

Os profissionais fazem cobertura da morte do miliciano Adriano da Nóbrega, executado no domingo passado pela Polícia Militar da Bahia em uma operação

[Jornalistas da ‘Veja’ foram conduzidos após denúncia de moradores, diz SSP ]
Foto : Ascom

Por Alexandre Galvão no dia 14 de Fevereiro de 2020 ⋅ 15:14

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP) afirmou que conduziu dois jornalistas da Revista Veja à delegacia após denúncias de moradores de Pojuca, na Bahia. Segundo a empresa, os profissionais fazem cobertura da morte do miliciano Adriano da Nóbrega, executado no domingo passado pela Polícia Militar da Bahia em uma operação. 

“A Secretaria da Segurança Pública esclarece que moradores de uma localidade em Pojuca, Litoral Norte da Bahia, ligaram para polícia informando que homens, dentro de um carro, Gol, placa de Brasília, estavam rondando a região. A PM foi acionada, abordou o grupo e fez a condução até a Delegacia Territorial. Após se identificarem como jornalistas, foram liberados. Nenhum equipamento foi danificado, alterado ou ficou apreendido”, ressalta a SSP. 

Nóbrega é suspeito e comandar uma das mais fortes milícias do Rio de Janeiro, o Escritório do Crime, e de ter ligação com a família do presidente Jair Bolsonaro. 

Notícias relacionadas