Brasil

Museu Casa Geyer arrecada recursos para reforma

O espaço, doado ao Museu Imperial em 1999, reúne a maior coleção de artes e antiguidades sobre a História do Brasil, contendo quase 5 mil obras de artes

[Museu Casa Geyer arrecada recursos para reforma]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 03 de Dezembro de 2019 ⋅ 20:30

O Museu Casa Geyer, previsto para ser inaugurado em 2022 aos pés do Cristo Redentor, está captando recursos, via Lei Rouanet, para reformar e adaptar a casa onde viveu o casal Maria Cecília e Paulo Fontainha Geyer, uma unidade do Museu Imperial de Petrópolis na capital fluminense.

Doada ao Museu Imperial pelo casal em 1999, o espaço reúne a maior coleção de artes e antiguidades sobre a História do Brasil, contendo quase 5 mil obras de artes.

O neto do casal, Frank Geyer Abubakir, chegou a criar a Associação Amigos da Casa Geyer para buscar outras formas de apoiar o Museu Imperial. "Quero tornar possível o que está na origem do ato de meus avós ao doarem uma das mais representativas coleções de arte do Brasil: compartilhar com a sociedade a beleza que os encantou ao longo de suas vidas e estimular novas formas de olhar, vindas do passado", afirma

Na coleção constam 1.120 itens iconográficos produzidos por artistas de várias nacionalidades, 2.590 livros que enfatizam registros de viajantes e cronistas em terras brasileiras durante o século XIX, 466 obras de arte decorativa, móveis de madeira, em miniatura, trabalhados em marfim e a lanterna de prata que adornava a carruagem cerimonial de d. Pedro II.

A expectativa é arrecadar R$ 1.218.533,71 para contratar uma empresa para elaborar o projeto do novo museu. Empresas interessadas em fazer parte desta história têm até o dia 31 de dezembro para fomentarem o projeto, aproveitando os benefícios do Imposto de Renda ainda em 2019.

Notícias relacionadas