Brasil

Honestidade e verdade se tornaram produtos escassos, diz ministro do STF

Para Luís Roberto Barroso, se essa postura não for revertida, "não há de ser a OCDE que vai nos tornar desenvolvidos"

[Honestidade e verdade se tornaram produtos escassos, diz ministro do STF]
Foto : Nelson Jr / SCO / STF

Por Juliana Rodrigues no dia 13 de Fevereiro de 2020 ⋅ 11:20

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, que será o próximo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), afirmou que a "honestidade e a verdade se tornaram produtos escassos em alguns espaços da vida no Brasil" e que, se não revertermos isso, "não há de ser a OCDE que vai nos tornar desenvolvidos". A informação é da coluna Painel, da Folha.

A fala do ministro vem após os insultos sofridos pela repórter Patrícia Campos Mello, acusada de se insinuar sexualmente para Hans River do Rio Nascimento, ex-funcionário da empresa de disparos em massa Yacows. Barroso, no entanto, não menciona os ataques à jornalista.

Notícias relacionadas

[Justiça proíbe Suzane von Richthofen de cursar faculdade]
Brasil

Justiça proíbe Suzane von Richthofen de cursar faculdade

Por Kamille Martinho no dia 28 de Fevereiro de 2020 ⋅ 20:30 em Brasil

Richthofen passou para o curso de Gestão do Turismo, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) em Campos do Jordão (SP)