Cidade

Freio de Arrumação: Funcionário terceirizado da Transalvador é demitido após denúncias

Operação foi deflagrada hoje (02) com o objetivo de reprimir fraudes relacionadas à exclusão de infrações de trânsito

[Freio de Arrumação: Funcionário terceirizado da Transalvador é demitido após denúncias]
Foto : Divulgação

Por Kamille Martinho no dia 02 de Dezembro de 2019 ⋅ 14:32

O funcionário terceirizado da Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador), que excluía multas do sistema para beneficiar infratores, foi demitido do cargo. A demissão acontece após a segunda fase da Operação Freio de Arrumação, realizada na manhã de hoje (02).

“Trabalhava no setor de multas há 11 anos. Não havia nada que desabonasse a conduta dele, sempre cumpridor das suas funções. Infelizmente acabou agindo dessa forma. Não faz mais parte do quadro da Transalvador”, afirmou o superintendente do órgão, Fabrizzio Muller.

A operação foi deflagrada nesta segunda pelo Ministério Público em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal com o objetivo de reprimir fraudes relacionadas à exclusão de infrações de trânsito. As fraudes totalizam um prejuízo de R$ 84 mil aos cofres públicos.

Muller ainda afirmou que todas a multas retiradas foram de “velocidade, proibição de sinal vermelho e estacionamento irregular”. “Desde o recebimento da denúncia estamos adequando o sistema para tornar ele mais seguro”, concluiu. 

Notícias relacionadas