Cidade

Grupo Metrópole se despede da ouvinte Veruska

Participante ativa da nossa programação, ela nos deixou aos 89 anos

[Grupo Metrópole se despede da ouvinte Veruska]
Foto : Dario Guimarães/Metropress (arquivo)

Por Metro1 no dia 02 de Junho de 2020 ⋅ 13:02

A Rádio Metrópole faz parte da vida de muitos ouvintes, seja diariamente com informações ou com conteúdo recheado de bom humor e tempero baiano. Hoje, no entanto, temos que nos despedir de forma triste de uma companheira de longos anos. Nossa ouvinte Veruska, de 89 anos, nos deixou. Foi embora dormindo, em casa. Nos corações dos funcionários e colaboradores da rádio, o nome de Veruska vai sempre trazer à lembrança as participações divertidas nos jornais, as imitações ruins de Abraão Brito e as falas dela sobre os cursos de língua estrangeira, do francês ao russo.

Quando precisou de ajuda, Veruska pediu à Metrópole, que foi sua companheira nos últimos anos de sua vida. Não a abandonamos. Tratamos de providenciar uma ajuda quando seu rádio quebrou e seu computador deu problema. Além das ondas do rádio, Mário Kertész fez questão de homenagear a ouvinte, que era tão íntima da nossa programação.

"Ela sempre ligava e divulgava os cursos. Depois os cursos foram caindo e caindo. Ela morava sozinha, o marido morreu antes dela. Tem um filho que mora na França. Era uma figura. Chegou a ir num dos encontros que a gente fez. É com grande sentimento que eu noticio a morte da nossa querida Veruska, que todos nós adorávamos. Ela acompanhou a gente durante muitos e muitos anos. Ela dizia que, quando pegava um táxi, ela pedia para ir para um lugar e o motorista dizia: 'A senhora é Verusca da Rádio Metrópole?'", conta.

Responsável por anunciar muitas vezes que ela estava na linha, pronta para entrar no ar, Nardele Gomes também se lembrou emocionada das participações de Veruska na rádio. "Veruska já era uma personagem da Metrópole há muitos anos. Fazíamos brincadeiras com ela, que sempre permitiu esse tipo de intimidade. Era professora de idiomas e uma figura muito querida tanto por nós quanto pelos ouvintes. Sentiremos falta dela", diz a apresentadora.

Já Luana Montargil, chefe de produção da rádio, conta da responsabilidade em atendê-la e dos contatos iniciais de Veruska com a Metrópole. "Veruska era uma ouvinte muito especial. Começou seu contato com a Metrópole para divulgar seus cursos de língua estrangeira. Ela ligava sempre. Por morar só e distante do filho, a rádio se tornou sua principal companhia. Ela nos contava suas angústias, seus problemas, até coisas do dia a dia, e suas alegrias também. Nós sabíamos dessa responsabilidade desse contato. Fiquei triste com essa notícia hoje e mando aqui meu abraço e para a família e para os amigos de nossa ouvinte Veruska".

Sentiremos saudade das imitações de Abraão, a cada "Marriô" que ele soltava para anunciar que você falaria com a gente.

Descanse em paz, querida. 

Notícias relacionadas

[Vacina de Oxford contra a Covid-19 será testada em Salvador]
Cidade

Vacina de Oxford contra a Covid-19 será testada em Salvador

Por Kamille Martinho no dia 10 de Julho de 2020 ⋅ 17:20 em Cidade

Os 5 mil voluntários que serão selecionados devem ter entre 18 a 55 anos, pessoas que tenham uma alta exposição ao vírus, além de não terem sido contaminados até agora