Economia

Governo quer aumento de limite de isenção do IRPF, diz assessor especial de Guedes

Guilherme Afif também disse que proposta inclui redução das deduções e maior alíquota para os mais ricos

[Governo quer aumento de limite de isenção do IRPF, diz assessor especial de Guedes]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Lara Curcino no dia 30 de Julho de 2020 ⋅ 11:30

O governo vai entregar o aumento do limite de isenção do Imposto de Renda das Pessoas Físicas (IRPF) entre as propostas da reforma tributária. Além disso, será apresentada também a redução das deduções, uma maior alíquota para os mais ricos e a taxação de transações financeiras com o objetivo de desonerar as folhas de pagamento. 

A informação foi anunciada hoje (30) pelo assessor especial do Ministério da Economia, Guilherme Afif Domingos. A proposta de reforma tributária do governo foi entregue ao Congresso no último dia 21. 

De acordo com Afif, as mudanças sugeridas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, são: aumento da faixa de isenção de R$ 1.903,99 mensais para R$ 3 mil, eliminação de deduções como despesas médicas, por dependentes ou despesas educacionais, além de diminuição da alíquota de 27,5%, junto à criação de uma alíquota maior para os mais ricos. 

Notícias relacionadas

[Dólar fecha em alta cotado a R$ 5,41]
Economia

Dólar fecha em alta cotado a R$ 5,41

Por Luciana Freire no dia 07 de Agosto de 2020 ⋅ 18:40 em Economia

Comportamento dos investidores continuou refletindo o corte da taxa Selic pelo BC, de 2% ao ano