Política

Avritzer diz que Bolsonaro ao lado de Macêdo no 7 de setembro 'envia sinais errados' sobre tolerância

Professor também considera que o avanço das religiões neopentecostais no país leva à ideia inadequada de controle dos costumes morais

[Avritzer diz que Bolsonaro ao lado de Macêdo no 7 de setembro 'envia sinais errados' sobre tolerância]
Foto : Governo do RS/ Divulgação

Por Juliana Almirante no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 12:20

O cientista político e professor Leonardo Avritzer afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole hoje (17), que a presença do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macêdo, ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no 7 de setembro, "envia sinais errados" sobre a tolerância. Além de Macêdo, também estava ao lado do presidente o apresentador e empresário Silvio Santos.

"Não por acaso, ao lado do presidente, no 7 de setembro, não estavam chefes dos outros poderes, mas sim representantes principais da religião neopentecostal. Isso envia sinais errados para cidadania, em relação ao problema da tolerância", avaliou. 

Ele considera que o avanço das religiões neopentecostais no país leva à ideia inadequada de controle dos costumes morais.

"As religiões trazem para democracia ideia inadequada da maioria moral. A democracia não altera a ideia da maioria moral. A democracia altera a ideia da maioria política e do pluralismo moral. Ou seja, as diferentes visões disputam a política, mas a pessoa que ganha não impõe padrões de comportamento", pontua. 

Notícias relacionadas

[PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido]
Política

PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido

Por Metro1 no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 18:44 em Política

Sigla destaca que é a única com 98% de votações favoráveis ao governo federal e que não compactua com eventuais desgastes