Política

Após STF proibir prisão após condenação em 2ª instância, José Dirceu protocola pedido de liberdade

O ex-ministro foi condenado a mais de 30 anos de reclusão por corrupção e lavagem de dinheiro

[Após STF proibir prisão após condenação em 2ª instância, José Dirceu protocola pedido de liberdade]
Foto : Fábio Rodrigues Pozzebom/Arquivo/Agência Brasil

Por Lara Curcino no dia 08 de Novembro de 2019 ⋅ 14:51

Após decisão ontem (7) do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir prisão após condenação somente em segunda instância, o ex-ministro da Casa Civil no governo Lula, José Dirceu, protocolou, na manhã de hoje, pedido de liberdade.

Dirceu foi condenado a 30 anos, 9 meses e 10 dias de reclusão, no âmbito da Operação Lava Jato, por corrupção e lavagem de dinheiro. O requerimento da defesa foi encaminhado ao juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal de Curitiba. 

Mais cedo, o colega de partido de Dirceu, ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva havia protocolado a mesma solicitação de soltura. Caso foi levado à juíza Carolina Lebbos, da Vara de Execuções Penais. 

Notícias relacionadas

[MP para empregar jovens adianta reforma trabalhista]
Política

MP para empregar jovens adianta reforma trabalhista

Por Juliana Almirante no dia 13 de Novembro de 2019 ⋅ 07:27 em Política

Entre as mudanças, estão trabalho aos domingos para todas as categorias, abertura de agências bancárias aos sábados e novas normas de fiscalização