Política

Abaixo-assinado ‘antiAras’ deve chegar ao Legislativo

Chefe do Ministério Público no Brasil, Aras não integrou a lista tríplice de nomes sugeridos pela Associação Nacional dos Procuradores da República

[Abaixo-assinado ‘antiAras’ deve chegar ao Legislativo]
Foto :Lula Marques

Por Alexandre Galvão no dia 03 de Junho de 2020 ⋅ 07:20

O abaixo-assinado feito a favor do processo tradicional de escolha do procurador-geral da República, ou seja, contra Augusto Aras, foi encaminhado para a associação da categoria com 655 adesões. De acordo com a Folha, a entidade vai encaminhar ao Legislativo.

Chefe do Ministério Público no Brasil, Aras não integrou a lista tríplice de nomes sugeridos pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) à Presidência da República para assumir a PGR.

Bolsonaro não é obrigado a escolher alguém da lista. Nos dois mandatos de Luiz Inácio Lula da Silva e também nos dois de Dilma Rousseff o escolhido para a PGR foi o primeiro da lista. O ex-presidente Michel Temer escolheu Raquel Dodge, segunda da lista.

Após o anúncio da indicação, a ANPR divulgou nota na qual classifica a escolha como "retrocesso democrático e institucional".

Segundo o G1, nos bastidores do MPF, Augusto Aras é chamado de "PGR biônico", numa alusão à nomeação de prefeitos, governadores e até senadores durante a ditadura militar (1964-1985) sem passar pelo voto popular.

Notícias relacionadas