Saúde

Couto Maia chega a 500 recuperados sem uso de cloroquina ou ivermectina

Unidade conta com 89 leitos de UTI de acordo com diretora do centro de saúde

[Couto Maia chega a 500 recuperados sem uso de cloroquina ou ivermectina]
Foto : Carol Garcia/GOVBA

Por Matheus Simoni no dia 09 de Julho de 2020 ⋅ 08:52

A médica infectologista e diretora do Hospital Couto Maia, Ceuci Nunes, afirmou que a unidade chegou à marca de 500 pacientes recuperados do coronavírus. O centro de saúde atua desde março como referência de atendimento exclusivo de pessoas infectadas com a Covid-19. Em post nas redes sociais, Ceuci informou ontem (8) que a marca foi atingida sem protocolo com cloroquina, hidroxicloroquina ou ivermectina.

"Hoje ultrapassamos a marca de 500 altas para casa de pacientes com COVID 19 no ICOM (Instituto Couto Maia). Um grande feito para esta grande equipe, que atende pacientes graves numa unidade com 89 leitos de UTI. Nosso protocolo de assistência inclui as melhores evidencias científicas . NÃO tem Cloroquina, Hidroxicloroquina ou Ivermectina", escreveu a diretora.

O antigo Hospital Couto Maia, no Mont Serrat, foi construído dem 1853. O atendimento ambulatorial na nova unidade, que passou para Cajazeiras, começou em 2018, após ampla reforma na ordem de investimento de R$ 120 milhões. Além do coronavírus, ICOM é referência no tratamento de especialidades de HIV/AIDS, hanseníase, infectologia geral e neuro-infectologia. Inicialmente, a unidade contava com 120 leitos, mas teve ampliação realizada em função da pandemia de coronavírus.

Notícias relacionadas

[Coronavírus: Bahia registra 70 mortes em 24 horas]
Saúde

Coronavírus: Bahia registra 70 mortes em 24 horas

Por Kamille Martinho no dia 30 de Julho de 2020 ⋅ 18:10 em Saúde

De acordo com a Sesab, a elevação do número de óbitos diários deve-se, exclusivamente, a um represamento temporário dos dados do município de Salvador, em virtude da meto...