Turismo

Veto à gratuidade das bagagens é fundamental para companhias low cost no Brasil, diz Júlio Ribas

"Você paga pelo que você usa e é isso que permite acesso tão barato que pode fazer o Brasil saltar de 100 milhões de passageiros para 200 milhões em um futuro próximo” completou

[Veto à gratuidade das bagagens é fundamental para companhias low cost no Brasil, diz Júlio Ribas]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Kamille Martinho no dia 24 de Setembro de 2019 ⋅ 14:31

O diretor-presidente da Salvador Bahia Airport, Júio Ribas, afirmou hoje (24) que, para companhias de baixo custo ou low cost atuarem no Brasil, é fundamental que o presidente Jair Bolsonaro vete a gratuidade das bagagens das companhias aéreas na Medida Provisória (MP) 863.

A MP 863 estabeleceu a possibilidade das empresas aéreas de capital 100% estrangeiro operarem no Brasil. Em maio, durante tramitação da MP na Câmara dos Deputados, foi adicionada a gratuidade das bagagens nos transportes domésticos e internacionais. Ao sancionar, entretanto, Bolsonaro retirou  do texto essa isenção.

“Se não derrubar [no Congresso], continua o sistema que paga quem usa. Isso é muito importante para a vinda das companhias low cost para o Brasil. Ou seja, você paga pelo que você usa: comida, entretenimento, bagagem, marcação de assento e é isso que permite acesso tão barato que pode fazer o Brasil saltar de 100 milhões de passageiros para 200 milhões em um futuro próximo”, afirmou Ribas ao BNews, na coletiva de lançamento dos novos voos da JetSMART.

Cabe agora ao Congresso Nacional a manutenção ou não do veto. A votação acontece ainda hoje.

Notícias relacionadas

[Gol e Air France KLM prorrogam parceria por mais cinco anos]
Turismo

Gol e Air France KLM prorrogam parceria por mais cinco anos

Por Metro1 no dia 04 de Novembro de 2019 ⋅ 14:20 em Turismo

Acordo de codeshare, pelo qual companhia aérea transporta passageiros cujos bilhetes tenham sido emitidos por outra companhia, já transportou mais de 1 milhão de clientes

[Air Europa é comprada pela IAG por um bilhão de euros]
Turismo

Air Europa é comprada pela IAG por um bilhão de euros

Por Matheus Simoni no dia 04 de Novembro de 2019 ⋅ 09:20 em Turismo

Aquisição visa transformar Madri em um hub que concorra de igual para igual com aeroportos como Amsterdã (KLM), Frankfurt (Lufhansa), Londres Heathrow (British Airways) e...